A Nova Edição De “A Voz Da Jihad”

Fonte/Source: New Issue of “Voice of Jihad”


Há mais de uma década, Robert Spencer vem alertando o mundo sobre a crescente ameaça do terrorismo Islâmico e a ascensão do Islã nos EUA e Europa.

Ele mesmo diz “O porquê disso ser tão ignorado não sei responder”.

Este artigo foi escrito em 2003 e o interessante é que se eu publicar com a data de hoje não fará a mínima diferença. Os padrões se repetem e o objetivo não muda.


A Nova Edição De “A Voz Da Jihad”

Por Robert Spencer

31 de Outubro de 2003

O MEMRI-Middle East Media Research Institute relata uma nova edição da revista Al-Qaeda online, “A Voz da Jihad“.

“O nosso inimigo número um”, informa a edição, “são Judeus e Cristãos, e devemos nos libertar para investir todos os nossos esforços até que possamos aniquilá-los — e somos capazes de fazê-lo, se Alá nos permitir — porque eles são o principal obstáculo para o estabelecimento do estado Islâmico”.

Observe o objetivo: estabelecer o estado Islâmico, o califado. O porquê disso ser tão ignorado não sei responder, e não apenas a Al-Qaeda, mas todo grupo Muçulmano radical declarou isso como objetivo. Se os EUA se retirassem do Iraque e do Afeganistão amanhã, e todo cidadão de Israel se mudasse para Idaho, ainda assim haveria Muçulmanos radicais que lançariam uma jihad contra Judeus e Cristãos com o intuito de estabelecer o estado Islâmico.

Essa questão também declara um plano para “evitar, tanto quanto possível, confrontos com os exércitos e as forças do estado, para que possamos atacar os ocupantes com golpes letais, se Alá assim desejar.” Nessa frase, “o estado” refere-se aos Muçulmanos governantes que não se adequam aos padrões Muçulmanos radicais. Ela pode sinalizar uma intenção para parar de escolher os membros do conselho governamental Iraquiano e se concentrar em matar os Americanos.

Além disso, um certo sheik Nasser Al-Najdi confirma as leis da jihad e dhimmitude que revelei em Soldados Muçulmanos online. O fato dele poder recorrer às estipulações tradicionais da jurisprudência Islâmica para tudo isso, é uma das principais razões pelas quais a Al-Qaeda e grupos como esse podem ganhar recrutas no mundo Muçulmano:

“O Islamismo é uma religião abrangente. É uma religião para pessoas e para regimes… No momento em que as pessoas recebem a escolha [de acreditar] no Islã ou pagando a Jizya [um imposto de proteção pago pelos não-Muçulmanos que vivem sob o domínio Muçulmano], o Islã se torna a única alternativa para os países [do mundo.]…

Portanto, o crime dos tiranos infiéis [i.e. países não-Muçulmanos], que não se governam de acordo com a lei de Alá, é um enorme pecado… e somos obrigados a lutar contra eles e a iniciá-los até que se convertam ao Islã ou até que os Muçulmanos dominem o país, e aquele que não se converter ao Islã pagará a Jizya.”

Leia a Sura 9:29 do Alcorão e me diga que este sheik está pervertendo o Islã; não afirmo que a visão radical do Islã seja a única forma do Islã, mas ignorar os seus fundamentos tradicionais é perder uma fonte principal do problema. [nota: Inseri a Sura mencionada, retirada de um Alcorão online, ipsis litteris].

Sura 9.29 
Combatei aqueles que não crêem em Deus 
e no Dia do Juízo Final, 
nem abstêm do que Deus e Seu Mensageiro proibiram
e nem professam a verdadeira religião daqueles 
que receberam o Livro, 
até que, submissos, paguem o Jizya

Além disso, no decorrer de um debate sobre se a Al-Qaeda deve atacar os Americanos na Arábia Saudita ou não, Abd Al-Aziz bin Issa bin Abd Al-Mohsen (Abu Hajjer), o qual é procurado na Arábia Saudita, observou: “É também verdade que devemos usar este país [Arábia Saudita] porque é a principal fonte de financiamento para a maioria dos movimentos Jihadistas.”


Tradução: Tião Cazeiro — Muhammad e os Sufis

Anúncios

Deixe um Comentário...

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s